Home / Universidades / Anhembi / Alunos da Anhembi Morumbi Se Mobilizam Para Doação de Medula Óssea

Alunos da Anhembi Morumbi Se Mobilizam Para Doação de Medula Óssea

Sempre nos deparamos com campanhas de doação de sangue por aí, mas mesmo assim o número de doadores nem sempre é o suficiente. Imaginem então doação de medula óssea, que é cercada de medos e boatos, e que para encontrar um doador compatível não é uma tarefa fácil.

Na matéria de hoje, vamos falar sobre um movimento que a própria Grifonóia (Uma torcida da Anhembi Morumbi) está organizando. Trata-se de uma campanha para ajudar um amigo, que necessita da tal doação. Eles criaram um evento no Facebook (clique AQUI e acesse) para os alunos se informarem, e assim aumentar as chances de algum doador aparecer. Confira algumas informações sobre a doação:

O que é a medula óssea?

A medula óssea é um tecido líquido-gelatinoso que ocupa o interior dos ossos. Na medula óssea são produzidos os componentes do sangue: as hemácias (glóbulos vermelhos), os leucócitos (glóbulos brancos) e as plaquetas.

As hemácias transportam o oxigênio dos pulmões para as células de todo o nosso organismo, e o gás carbônico das células para os pulmões, a fim de ser expirado. Os leucócitos nos defendem das infecções. As plaquetas compõem o sistema de coagulação do sangue.

medula-ossea

Existe diferença entre medula óssea e medula espinhal ?

Existe sim, Medula Óssea e Medula Espinhal são duas estruturas completamente diferentes e esse papo de ter chance de ficar paralítico por doar é um grande mito.

medula espinhal

E quando alguém precisa de doação de medula óssea?

Em casos de doenças do sangue, como a anemia aplástica grave, mielodisplasias e em alguns tipos de leucemias, como a leucemia mieloide aguda, leucemia mieloide crônica, leucemia linfoide aguda.

Tentando entender:

Leucemia: é um tipo de câncer que compromete os leucócitos.

Anemia aplástica: falta de produção de células do sangue na medula óssea, importante salientar que às vezes o transplante de medula óssea é o único tratamento definitivo, pois nem a quimioterapia é tão eficiente.

Qualquer pessoa pode doar? Como funciona?

  • É preciso ter de 18 a 55 anos de idade, com a saúde boa (sem doença infecciosa ou incapacitante).
  • É preciso preencher uma ficha com informações pessoais.
  • Os dados pessoais e os resultados dos testes são armazenados em um sistema informatizado chamado REDOME. (http://redome.inca.gov.br/o-redome/)
  • É coletada uma amostra do seu sangue, é apenas um furinho no dedo e só uma gota, para verem a compatibilidade com alguém que está precisando. Se encontrado, o doador é contatado.
  • Seu estado de saúde é avaliado caso haja compatibilidade.
  • É preciso esclarecer que você só passará pelo procedimento de doação se você topar, depois de ter sido identificado como compatível com alguém doente.

Vou sentir dor se doar?

A doação é feita em centro cirúrgico, sob anestesia e o procedimento tem duração de aproximadamente duas horas, no máximo você sente um desconforto após a cirurgia, que pode ser amenizado com a utilização de analgésicos. Há também a coleta pela maquina de aférese, onde o doador doa pela veia, esse processo leva em média quatro horas. Normalmente, o médico informa qual é a melhor forma de doação para o paciente, dependendo do quadro em que ele se encontra.

Onde me inscrevo para ser doador voluntário?

Por meio de dois links opcionais:

01. goo.gl/ycoQZk

02. goo.gl/pV4bGN

Clique AQUI e confira o evento oficial no Facebook.

*NOS DIAS 30/08 E 03/09, COMPARECEREMOS NO HEMOCENTRO DA SANTA CASA PARA REALIZAR OS TESTES DE COMPATIBILIDADE! – Mensagem escrita no evento oficial da doação, no Facebook.

É necessário se cadastrar no banco de doadores, afinal, mesmo cadastrado pode ser que você nunca seja um doador. As chances de compatibilidade com outra pessoa são difíceis, por isso quanto mais pessoas fizerem o teste de compatibilidade, maiores as chances de alguém receber ajuda.

doe1

*As informações dadas foram revisadas pela Doutora Luciana Nascimento.

 

Por: Letícia Ventura – Fala! Anhembi

Confira também

Twin Peaks: O Retorno – confira a resenha sobre o fim da última temporada

Por: Fernanda Talarico – Pipoca Amanteigada   Antes de começarmos, já aviso: é quase que ...

Um comentário

  1. Maria Tereza

    Só pra esclarecer mais ainda, a coleta é feita igual quando fazemos exame de sangue, tiram um pequeno frasquinho, de 10 ml e não demora nem 20 minutos, entre fazer o cadastro e coletar o sangue

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *